Você está aqui
Início > Bem Estar e Saúde >

Como Dormir Melhor: Insônia e Distúrbios do Sono

Compartilhe:

Se você deita e mesmo estando muito cansado não consegue dormir, bate aquela insônia, ou dorme aquele sono ‘quebrado’ acordando em vários momentos da noite, então você tem problemas de sono e certamente desenvolverá outras coisas que afetarão sua qualidade de vida. Muita gente não sabe mais vários problemas como alterações de humor, irritabilidade, hipertensão, problemas de memória e reflexo podem ser associados a uma noite mal dormida.

Você pode começar fazendo pequenos exercícios para melhorar as suas noites. Uma boa ideia é começar criando hábitos regulares, determine horários para dormir isso vai gerar um ciclo de sono. Dormir em horários diferentes não ajuda muito, tente manter um padrão, não durma durante o dia, isso desregula seus horários noturnos.

Outros hábitos como alimentação e a prática de atividades físicas também influenciam na hora de dormir. Procure comer alimentos leves antes de dormir, evite as refeições mais pesadas, mas não durma de barriga vazia isso vai impedir que você durma direito.

Se depois de deitado você passa não dorme com facilidade, não insista se já passaram mais que 40 minutos, você deve levantar e procurar uma atividade para fazer nada muito longo, uma atividade relaxante dessas que dão sono mesmo, faça apenas o tempo suficiente para ficar com sono.

A cama é o local do sono. Evite ficar vendo TV, ficar no notebook ou mesmo ler na cama, isso atrapalha na hora do sono, acaba tendo a cama como local para outras atividades que não a dormida. Também é importante que sua cama seja confortável, e que os lençóis, fronhas e todo ambiente esteja sempre limpo, pois tudo vai influenciar em uma boa noite de sono.

Em casos mais extremos em que você não dorme mesmo, o mais indicado é procurar um médico para diagnosticar qual o seu problema, na maioria das vezes o problema pode ser resolvido apenas com pequenas alterações na rotina, somente em casos especiais é que se faz necessário o uso de medicamento.

Deixe uma resposta

Top