Distúrbios da tireoide – Sintomas, Tratamentos e Causas

12

O que é doença de tireóide?

Embora nem sempre tenha a mesma atenção que o coração, os pulmões ou os rins, a tireoide é um dos componentes mais essenciais do corpo humano que regula funções importantes da vida, como padrões respiratórios e frequência cardíaca.

Distúrbios da tireoide - Sintomas, Tratamentos e Causas

Quando não está funcionando adequadamente, pode tornar um indivíduo bastante doente e produzir um efeito de dominó impactando muitos outros sistemas internos. Existem vários tipos diferentes de doença da tiróide, que têm causas e efeitos variáveis, mas primeiro é importante entender mais sobre a própria tireoideia.

A tireoide é uma parte proeminente do sistema endócrino do corpo, que tem a principal função de produzir e liberar hormônios que são transportados para as células individuais através da corrente sanguínea.

A glândula em forma de borboleta está localizada na base do pescoço, na frente da garganta, e mede cerca de duas polegadas de comprimento (se você engolir enquanto agarra seu pescoço pode sentir que se move). É composto por dois lobos de cada lado da traquéia que às vezes são unidos por um pedaço de tecido fino, conhecido como o istmo – embora nem todos tenham esse componente.

Seu trabalho é fazer dois hormônios, triiodotironina e tiroxina, que são comumente conhecidos como T3 e T4, respectivamente. Ele também libera hormônio estimulante da tireoide (TSH). Todos os três se equilibram, por isso é importante que nenhum deles seja elevado ou significativamente esgotado dentro da corrente sanguínea. O seu papel é multilateral como parte da função geral da tireoide, que afeta uma série de funções corporais importantes:

Função metabólica

A tireoide é extremamente responsável por controlar o metabolismo e manter a fome sob controle. Ele controla a mobilidade intestinal, o apetite, a absorção de nutrientes e substâncias e a degradação da gordura e da glicose. Isso também está relacionado diretamente ao aumento e perda de peso inexplicáveis.

Progressão do desenvolvimento

Os hormônios liberados pela tireoide desempenham um papel no crescimento de células saudáveis, além de suportar a força muscular. Isso é incrivelmente importante em crianças, uma vez que, em última análise, afetará sua capacidade de prosperar.

Função sexual

Os hormônios tireoidianos também têm um impacto na função sexual, libido e ciclos menstruais.

Saúde do coração

Uma das funções mais importantes da tireoide é regular a taxa e a força geral dos batimentos cardíacos, bem como a taxa de respiração do seu corpo, a ingestão de oxigênio, o fluxo sanguíneo e até a temperatura corporal. Também desempenha um papel na manutenção dos níveis de colesterol sob controle.

Porque tantas partes do corpo são impactadas pela tireoide, quando um problema se desenvolve, os sintomas podem ser variados na apresentação e gravidade.

O que se precisa saber sobre as doenças da tireoide

O termo “doença da tiroide” não aponta para uma única questão com a glândula. Em vez disso, é mais um termo geral que pode se referir a vários diagnósticos, começando com os dois mais comuns: hipertireoidismo (superprodução do corpo de T3 e T4) ou hipotireoidismo (subprodução de T3 e T4).

Os sintomas do hipertireoidismo incluem:

  • Batimento cardíaco acelerado
  • Fraqueza muscular
  • Diarreia
  • Mudanças de visão
  • Perda de peso, apesar do aumento do apetite
  • Inquietude e ansiedade
  • Intolerância ao calor e transpiração constante
  • Tremores
  • Dificuldade em dormir

Os sintomas do hipotireoidismo incluem:

  • Batimentos cardíacos lentos ou fracos
  • Fadiga constante
  • Sensibilidade ao frio
  • Pele seca ou inchada
  • Má memória
  • Faculdades mentais retardadas
  • Prisão de ventre

TIPOS ESPECÍFICOS DE DOENÇA TIRÓIDE

Além dos diagnósticos mais gerais de hipertireoidismo e hipotireoidismo, há também uma classe de condições mais específicas, algumas das quais podem ser de natureza auto-imune. Todos são bastante comuns – na verdade, cerca de 200 milhões de pessoas em todo o mundo (incluindo 20 milhões de brasileiros ) têm algum tipo de doença da tireoide e a questão é quatro a sete vezes mais comum em mulheres do que em homens.

Tireoidite

Isso se refere a qualquer tipo de inflamação da tireoide que pode desencadear a produção hormonal hiperativa, uma vez que a glândula inchada essencialmente “escapa” o excesso de hormônios na corrente sanguínea. Embora possa ser de natureza crônica, a tireoidite subaguda é outra condição que é mais temporária, caracterizada por episódios curtos de hipertireoidismo que podem durar de algumas semanas a vários meses de duração, e geralmente são desencadeados por uma infecção respiratória superior.

Alguns dos sintomas podem incluir:

  • Dor no pescoço ou quando você engolir
  • Febre baixa
  • Fadiga e fraqueza
  • Rouquidão ao falar
  • Doença de Hashimoto

Hashimoto é o tipo mais comum de hipotiroidismo. Também conhecida como tireoidite linfocítica crônica, é o resultado do sistema imunológico que confunde a glândula tireoideia com um patógeno e a ataca, o que impede sua capacidade de criar os hormônios que o corpo precisa para funcionar. Embora seja mais comum em mulheres de meia-idade, Hashimoto pode afetar qualquer pessoa de qualquer idade e gênero.

Alguns dos sintomas podem incluir:

  • Ganho de peso inexplicado
  • Pele seca
  • Prisão de ventre
  • Rosto pálido e inchado
  • Menstruação pesada ou irregular

Doença de Grave

Na outra extremidade do espectro, existe a doença de Grave, uma doença auto-imune que causa hipertireoidismo ou uma superabundância de hormônios criados pela glândula tireoidea. Isso ocorre quando o sistema imunológico produz anticorpos que estimulam a tireoide a crescer e fazer mais T3 e T4 do que o corpo necessita. A doença de Grave é comum nas famílias, portanto acredita-se que seja de natureza genética, embora também possa ser causada por fatores ambientais.

Alguns dos sintomas podem incluir:

  • Irritabilidade
  • Perda de peso inexplicada
  • Fraqueza dos músculos
  • Ansiedade e inquietação
  • Batimentos cardíacos rápidos ou palpitações
  • Insônia
  • Olhos proeminentes e problemas de visão

Um bócio é essencialmente qualquer aumento anormal da glândula tireoide, que é muito visível e aparece como um pescoço inchado. Embora possa ser uma indicação de uma tireoide com defeito (que produz hormônio demais), também pode ser um sintoma benigno de uma glândula totalmente saudável.

Na verdade, cerca de 90 por cento dos goitros são causados ​​por uma deficiência de iodo, uma fonte de alimento que a tireoide precisa fazer seu trabalho, que está se tornando mais escasso na dieta americana padrão.

Geralmente, a cirurgia é o principal método usado para remover o bócio e, possivelmente, a glândula tireoide completa, que ainda é um prognóstico muito habitável, graças à disponibilidade de synthroid. Esta forma sintética de hormônios tireoidianos ajuda a controlar o corpo mesmo com a remoção da glândula.

Como tratar a tireoide naturalmente

Enquanto medicamentos como synthroid (ou tapazole para hipertireoidismo) são regularmente prescritos, também há algumas opções mais naturais que você pode incorporar para ajudar a garantir que sua tireoide esteja operando em seus níveis iniciais. Certifique-se sempre de consultar seu médico antes de iniciar um novo regime.

Obtenha iodo suficiente

A deficiência de iodo é uma das principais causas da doença da tiróide. Este mineral essencial não é produzido pelo corpo por isso deve ser adquirido através de alimentos; Sem ele, o corpo não poderá produzir o suficiente T3 e T4. O uso de sal de mesa iodada é uma das maneiras mais fáceis (e mais comuns) de complementar sua dieta; Mas outras fontes incluem bacalhau, maria, atum, algas e ovos.

Aumento do selênio

Outra deficiência de nutrientes que muitas vezes é negligenciada nos casos de doença da tireoide é o selênio. As enzimas neste mineral ajudam a proteger a tireoide durante períodos de estresse e também ajudam a regular a síntese de hormônios. Enquanto os suplementos de selênio são convenientes, você também pode obter um suprimento natural de alimentos como nozes do Brasil, frutos do mar, cogumelos e germes de trigo e capim de trigo.

Suplemento com metais

O ferro, o cobre e o zinco são importantes para a função da tireoide. Níveis mais baixos desses metais traços podem resultar em produção reduzida de T3, T4 e TSH.

Experimente a dieta mediterrânea

Esta dieta tem sido promovida há anos por nutricionistas e aqueles no campo da medicina, porque é abundante em gorduras saudáveis ​​de azeite extra virgem e abacates, e inclui muitos produtos e peixes saudáveis, que oferecem ácidos graxos ômega-3. Comer dessa maneira – e evitar alimentos cheios de açúcar e conservantes – pode ser significativo na redução da inflamação geral e na sustentação de uma digestão saudável, o que torna a tireóide mais eficiente e menos suscetível a desencadeadores autoimunes.

O que é necessário saber sobre a doença tireoide

As doenças da tireoide são muito graves e podem desempenhar um papel importante na sua saúde geral. Impedir que ocorram e tratá-los o mais rápido possível é incrivelmente importante. Certifique-se sempre de consultar seu médico se suspeitar que uma condição de tireoide esteja presente ou se você tiver motivos para acreditar que está em risco para elas, como uma história familiar. Além disso, seguir um estilo de vida saudável e adotar um bom plano de nutrição também pode ter um grande impacto na prevenção, e vale a pena prestar atenção para o bem-estar a longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome