Você está aqui
Início > Curiosidades >

Por que cortar as unhas e cabelos não dói?

Compartilhe:

Imagine se não pudéssemos cortar nossos cabelos ou nossas unhas, se tivéssemos que passar por um procedimento cirúrgico para fazê-lo.

Teríamos cabelos e unhas enormes, e por consequência, a higiene seria quase que inexistente, ou seja, não seriamos muito diferentes de nossos ancestrais da idade da pedra, não é?

Curtos ou longos, todos os pelos do nosso corpo tem uma função importante, a função de controle térmico, no caso dos cabelos, nos protegem do sol forte no couro cabeludo.

A unha mantém nossos dedos protegidos em suas extremidades e também nos ajudam no manuseio de alguns objetos, como uma agulha.

Nossos ancestrais utilizavam muito suas unhas, seja para se proteger de animais ou escavar, mostrando a importância das mesmas desde os primórdios da humanidade.

Não sentimos dor ao realizarmos esses procedimentos de estética pelo mesmo motivo que sentimos dor ao cortar um dedo, por exemplo.

Os locais que sentimos dor ao serem danificados contém as chamadas terminações nervosas, que são responsáveis por mandar ao nosso cérebro um alerta de que algo está errado, chamamos esse alerta de dor.

Então, por que sentimos dor quando alguém puxa o nosso cabelo ou quando cortamos a unha muito perto da cutícula?

Simples, porque no caso do cabelo, ele está colado no nosso coro cabeludo, que contem terminações nervosas, ou seja, sentimos dor no couro cabeludo, e não no cabelo. Já no caso das unhas, as terminações nervosas estão escondidas de baixo das mesmas, e quando ficam expostas e sem proteção, doem ao simples toque.

Cabelos e unhas não tem terminações nervosas, por isso não sentimos dor ao cortá-los, ambos são feitos de uma substância chamada queratina, que é produzida pelos queratinócitos, células diferenciadas em nossa pele, estes também são os responsáveis pelo crescimento depois do corte.

Deixe uma resposta

Top