Benefícios para a saúde da melancia + Receitas

A melancia é uma fruta hidratante de baixa caloria que é um alimento natural rico em antioxidante, além de uma fonte de vitaminas e minerais que podem ajudar a combater a inflamação, danos nos radicais livres e prevenir uma série de doenças graves.

Melancia - Nutrientes, indicações e receitas

Os benefícios da melancia incluem contendo uma grande quantidade de licopeno, um certo tipo de carotenóide que atualmente é de grande interesse para os pesquisadores por causa de sua conhecida capacidade antioxidante e vários benefícios potenciais para a saúde. O licopeno é responsável por dar muitas frutas e vegetais, incluindo melancia, sua cor vermelha ou rosa profunda. Enquanto os pesquisadores sempre souberam que os tomates são uma ótima fonte de licopeno, a melancia recentemente também se moveu no centro das atenções como outra escolha de comida sábia para fornecer este nutriente crítico para combater o dano dos radicais livres.

 

O licopeno encontrado na melancia é um poderoso antioxidante, o que significa que tem a capacidade de combater os radicais livres no corpo que podem danificar as células. Além disso, os benefícios da melancia incluem o fornecimento de vitamina A (beta caroteno) e vitamina C, ambos conhecidos por ter propriedades antioxidantes e antienvelhecimento notáveis ​​que podem evitar doenças. O dano excessivo de radicais livres tem sido associado ao aparecimento de doenças graves, incluindo câncer, doenças cardíacas, doença de Alzheimer, artrite e muitos outros. De fato, o acúmulo de radicais livres no corpo é em grande parte culpado pelo processo de envelhecimento e o pedágio é assumido pelo corpo.

Adicionar alimentos antioxidantes, ricos em nutrientes e antiinflamatórios, como a melancia à sua dieta, é uma maneira de limitar o estresse corporal, minimizando o dano do DNA e diminuindo o processo de envelhecimento. Mesmo se você é jovem e saudável, os benefícios da melancia incluem ajudar a aliviar a dor, melhorar a recuperação do exercício, manter a pele saudável e jovem e ajudar com a desintoxicação.

10 Benefícios para a saúde da melancia

1. Aumenta a imunidade

A pesquisa da revista Nutrition concluiu que a melancia pode ajudar o sistema imunológico a se manter forte e se defender contra doenças cardiovasculares – e potencialmente um tratamento natural de câncer também – devido aos seus efeitos sobre os níveis de óxido nítrico. (1) Estudos mostraram que a melancia é uma rica fonte de citrulina, um certo tipo de aminoácido que é metabolizado para se transformar em arginina no organismo. A arginina é um aminoácido essencial – o que significa que devemos obtê-lo de fontes alimentares – e é usado na síntese de óxido nítrico, o que é importante para manter um sistema imunológico efetivo.

Como uma dieta proeminente de vitamina C, os benefícios da melancia, incluindo ajudar a melhorar a função imune, diminuir a duração da doença e melhorar os sintomas e ajudar o organismo a se defender contra doenças cardíacas e câncer. (2) Estudos também mostram que a vitamina C encontrada na melancia é especialmente benéfica para indivíduos cujo sistema imunológico tenha sido enfraquecido devido ao estresse, que é uma das maiores razões para a inflamação em curso que comumente vemos na sociedade moderna de hoje.

Na verdade, a melancia é um alimento de cura devido à sua capacidade de proteger o corpo da doença e reiniciar o aparelho digestivo, onde grande parte do sistema imunológico está realmente localizado.

2. Ajuda a administrar a hipertensão arterial e melhora a saúde cardíaca

A melancia ajuda a prevenir a baixa deficiência de potássio e magnésio, e estes são dois nutrientes críticos usados ​​para ajudar a remediar a pressão arterial elevada naturalmente. O consumo de quantidades adequadas de potássio e magnésio a partir de uma dieta saudável é correlacionado com a redução global do risco de mortalidade por doenças cardiovasculares. (3)

Estudos publicados na revista Advances in Nutrition indicaram que a ingestão de alimentos ricos em potássio como frutas e vegetais pode impactar positivamente a redução da pressão arterial em adultos, o que é útil na redução do risco de AVC e doença cardíaca. (4)

O lipoceno, um carotenoide encontrado em abundância em melancia, também melhora a função cardíaca. Estudos demonstraram que a melancia pode ajudar a reduzir a inflamação, aliviar a rigidez arterial, equilibrar o colesterol e melhorar a pressão arterial sistólica em pacientes com hipertensão. (5)

3. Alivia dor e dor muscular

Estudos têm demonstrado que o fornecimento de melancia do aminoácido l-citrulina é efetivo na redução da dor muscular. (6) Um estudo especial da Journal of Agricultural and Food Chemistry analisou o suco de melancia como bebida funcional para atletas e observou que, após 24 horas de suplementação com suco de melancia, os atletas experimentaram taxas cardíacas melhoradas que eram mais benéficas para a recuperação muscular além de menos dor geral e dores musculares.

Além disso, os benefícios da melancia incluem o fornecimento de vitamina C, que demonstrou proteger a cartilagem e os ossos, ser usado na reparação de tendões e ligamentos e ajudar a acelerar a cicatrização de feridas e cicatrizes. (7) Obter quantidades adequadas de potássio e magnésio a partir de fontes alimentares inteiras também é importante para a recuperação muscular e redução da dor. O potássio auxilia na prevenção de cólicas musculares após o exercício e ajuda você a curar-se das lesões mais rapidamente. Em vez de bebidas com alto teor de açúcar que possuem vitaminas e minerais sintéticos, tente um suco de melancia.

4. Previne pedras nos rins

Estudos têm demonstrado que o potássio encontrado em frutas e vegetais como a melancia é muito útil na limpeza de toxinas e lavagem de resíduos do sangue, ajudando a prevenir cálculos renais. (8) Quando o sangue está contaminado com muitas toxinas, a deposição se acumula nos rins vulneráveis. Isso pode levar a uma alta concentração de ácido úrico no sangue e pode potencialmente causar cálculos renais, gota e outras condições dolorosas.

Os benefícios da melancia também incluem ser um diurético natural, o que significa que ajuda a aumentar a produção de urina que tira resíduos do corpo com ele. Enquanto as bebidas com cafeína e o álcool também atuam como diuréticos, eles colocam o estresse nos rins, enquanto a melancia não.

5. Desintoxica o corpo

A melancia é composta principalmente de água, com cerca de 91 por cento da fruta sendo H2O. Embora possa parecer contra-intuitivo, comer frutas e vegetais com um alto teor de água realmente ajuda o corpo a desintoxicar-se e se livrar do excesso de água e fluidos, aliviando inchaço incômodo e inchaço.

O potássio e o magnésio também são importantes para a desintoxicação. O potássio atua como um eletrólito e promove a saúde circulatória, ajuda a administrar o fluxo de sopro e os níveis de hidratação dentro do corpo e permite que o oxigênio atinja suas células. Ao mesmo tempo, o potássio facilita o equilíbrio da retenção de água no intestino e mantê-lo desidratado. Cheio de água e fácil de digestão, pode funcionar como uma cura natural para a diarréia, outro dos benefícios da melancia.

A melancia também é considerada um alimento alcalino, o que significa que ajuda a reduzir o nível de pH (chave para a boa saúde) do corpo de volta ao seu nível natural. Acredita-se que a doença tenha um desenvolvimento muito mais difícil em um ambiente alcalino dentro do corpo, em comparação com um ácido mais ácido. Comer muitos alimentos alcalinos podem proteger seu corpo da doença, diminuindo a inflamação.

6. Pode ajudar a combater o câncer

O licopeno de carotenóide fitonutriente que está presente na melancia foi associado à luta contra mama e câncer de próstata. A pesquisa mostrou que o licopeno desempenha um papel importante para manter as membranas celulares fortes para que possam se proteger de toxinas que possam potencialmente causar morte celular ou mutação.

A melancia também é um ótimo fornecedor de antioxidantes, vitamina C e vitamina A, que ajudam a combater o dano dos radicais livres e impedem o DNA de sofrer uma mutação prejudicial, levando à formação de tumores cancerígenos. Estudos têm demonstrado que altas doses de vitamina C podem aumentar o efeito de combate a câncer de certas drogas usadas na quimioterapia e que é capaz de atingir apenas as células nocivas que precisam desses nutrientes, ao contrário de outras drogas que geralmente matam células saudáveis, também.

7. Protege a saúde da pele

Estudos demonstraram que a melancia é um dos alimentos mais ricos em antioxidantes – com vitamina C e vitamina A – e ambos desempenham um papel importante na manutenção da saúde da pele, especialmente quando alguém envelhece. Antioxidantes como esses protegem a pele de radicais livres prejudiciais que são produzidos quando a pele é exposta a luz ultravioleta prejudicial ou pode envelhecer naturalmente.

Os pesquisadores concluíram que os alimentos com vitamina C, como a melancia, podem ajudar a promover a síntese de colágeno, oferecer proteção contra os danos causados ​​pela luz ultravioleta A e B, aliviar a hiperpigmentação da pele e melhorar a inflamação visível dentro da pele (9). E os benefícios da melancia, incluindo o fornecimento saudável de vitamina A que é útil para cicatrização de feridas e re-crescimento da pele. A vitamina A é necessária para apoiar a formação de células epiteliais (pele) e é uma ajuda poderosa na luta contra o câncer de pele.

Além disso, a melancia fornece manganês, o que mostrou beneficiar a saúde e a aparência da sua pele, contribuindo para a produção de colágeno, um componente estrutural importante na elasticidade da pele. O manganês também atua como antiinflamatório e antioxidante, reduzindo o inchaço e a infecção na pele.

8. Aumenta a saúde ocular

Importantes nutrientes que desempenham um papel na proteção da saúde ocular – incluindo betacaroteno, vitamina A, vitamina C, luteína e zeaxantina – também estão alojados nesta fruta gigante e se fazem parte dos muitos benefícios da melancia. Estudos demonstraram que uma grave deficiência de vitamina A, por exemplo, pode levar à degeneração macular ou a um espessamento da córnea e até mesmo à cegueira.

A melancia é um ótimo fornecedor de betacaroteno, a forma de vitamina A encontrada nas plantas, que desempenha um papel na prevenção da degeneração macular, principal causa de cegueira relacionada à idade.

9. Pode ajudar com a perda de peso

Você deve parar de comer melancia se quiser perder peso? Bem não! A melancia é muito baixa em calorias devido ao seu alto teor de água, mas oferece nutrientes importantes. Com apenas 46 calorias por xícara, a melancia é uma ótima ideia de lanche saudável ou adição a um suco saudável.

Se você se exercita para ajudar com a perda de peso, a melancia também pode ajudar seu desempenho e tempo de recuperação. Também é ótimo para aqueles que são fisicamente ativos, uma vez que é uma boa fonte de potássio e magnésio, principais benefícios da melancia. O potássio é considerado um vasodilatador porque libera a tensão dos vasos sanguíneos e ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo. Isso permite uma recuperação muscular mais rápida e reduz o estresse no corpo à medida que você constrói musculatura, força e resistência.

A pesquisa mostrou que consumir vitamina C pode melhorar a ingestão de oxigênio durante os exercícios e é importante para manter o bom funcionamento de seus pulmões e vias aéreas.

10. Ajuda a aliviar o refluxo ácido

Todos os tipos de verdades de melancia são geralmente eficazes como uma cura natural de refluxo ácido. As melancias são uma parte da dieta GAPS, projetada para ajudar a curar doenças digestivas e reduzir a inflamação. A melancia ajuda a acalmar o trato gastrointestinal e a regular os níveis de pH, além de diminuir a inflamação e a produção de ácido em todo o corpo.

Nutrição de melancia

Cada dose de xícara de melancia fornece (nas doses diárias recomendadas):

  • 46 calorias
  • 0 gramas de gordura ou proteína
  • 5 gramas de açúcar
  • 21 por cento de vitamina C
  • 18% de vitamina A
  • 5 por cento de potássio
  • 4 por cento de magnésio
  • 3 por cento de cobre
  • 3 por cento de manganês
  • 3% de ácido pantotênico
  • 3 por cento de vitamina B1 (tiamina)
  • 3% de vitamina B6

História da melancia

A melancia é um membro da família das plantas com flores conhecido como Cucurbitaceae. A planta origina-se do sul da África e produz a fruta comestível que agora geralmente consomem. Acredita-se que a melancia indígena selvagem foi mais amarga do que o tipo que comemos hoje e que muitas variedades, com diferentes cores e gostos, foram crescidas de forma selvagem em toda a África. É uma estimativa de que atualmente existem mais de 1200 tipos diferentes de espécies de melancia.

A planta de melancia foi cultivada no Egito desde pelo menos o 2º milênio a. Há evidências de que a melancia foi comida na região do Vale do Nilo durante o segundo milênio, aC. As sementes de melancia também foram encontradas nos locais da Décima Segunda Dinastia e mesmo no túmulo do Faraó “Rei Tut”. A melancia também foi mencionada na Bíblia e descrita como uma comida bíblica comida pelos antigos israelitas enquanto eles estavam sendo presos no Egito.

Até o século 10 A.D., a popularidade de comer melancia se espalhou para partes da Índia e da China. Mais tarde, espalhou-se para o sul da Europa e abriu caminho para as Américas com os exploradores.

Uma melancia madura tem uma casca dura lisa e geralmente verde com manchas ou listras verdes ou amarelas. O interior da melancia, a carne comestível, geralmente é rosa brilhante com grandes sementes pretas, mas também pode aparecer em variedades vermelhas, alaranjadas, amarelas ou brancas.

Para saber quando está pronto para abrir e comer – e para desbloquear os benefícios para a saúde da melancia – procure uma cor amarela ou creme na parte inferior do fruto em oposição ao branco brilhante.  Quanto mais pesada é a melancia, melhor. Isso significa que todos os seus sucos foram produzidos e está pronto para abrir.

Certas plantas de melancia foram geneticamente modificadas para produzir melancia sem sementes, ou pequenas sementes brancas. Muitas pesquisas foram realmente colocadas na criação de variedades resistentes a doenças de melancia e no desenvolvimento de cepas sem sementes que mantêm todos os nutrientes da melancia intactos. Acredita-se que os tipos sem sementes oferecem benefícios de saúde semelhantes ao tipo com sementes.

No entanto, é sempre melhor comprar variedades orgânicas de culturas comumente modificadas sempre que possível. Como as sementes de melancia são frequentemente tratadas com simuladores de crescimento sintético na produção de melancia não orgânica, para reduzir o risco de contaminação com todos os aditivos sintéticos químicos, procure melancia orgânica naturalmente cultivada.

Usando melancia em receitas

Você pode adicionar melancia a qualquer receita de suco saudável para aumentar o conteúdo de nutrientes e adicionar muita água hidratante. Ou tente usar melancia cortada na salada para adicionar uma doçura surpreendente. Além disso, a melancia faz uma excelente salada com o queijo de cabra, nozes e cebola vermelha. Muitas pessoas ao redor do mundo adoram comer melancia como alimento cru, também, é claro, simplesmente por conta própria como um lanche refrescante.

Ao contrário de muitos outros antioxidantes e nutrientes delegados que podem diminuir ou degradar quando aquecido, a biodisponibilidade do licopeno da melancia realmente aumenta quando é cozida. Esta é a mesma razão pela qual muitos pesquisadores incentivam as pessoas a comer molho de tomate regularmente, porque torna o licopeno mais absorvível. Se você pode encontrar uma maneira de adicionar melancia a um molho cozido ou receita assada, você obterá ainda mais benefícios deste composto especial.

Experimente algumas dessas receitas abaixo para começar a incluir a melancia em sua dieta com mais frequência.

Receita da salada com melancia e hortelã

Tempo total: 10 minutos

Serve: 2-4

INGREDIENTES:

  • 3 xícaras de melancia
  • 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de chá de hortelã picada

INSTRUÇÕES:

  • Tire a melancia da casca e corte em pedaços grandes.
  • Combine vinagre, mel e menta picada em tigela pequena. Bata até misturar.
  • Despeje sobre pedaços de melancia e refrigere

Receita de Água Fresca de Melancia

Tempo total: 5 minutos

Serve: 8

INGREDIENTES:

  • 8 xícaras de melancia, cortadas em pedaços
  • 1 xícara de água
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de suco de limão fresco
  • 1 xícara de Pellegrino

INSTRUÇÕES:

  • Misture melancia, água, mel e suco de limão em um liquidificador.
  • Acrescente Pellegrino apenas antes de servir.
  • Decore com fatias de limão e folhas de hortelã, se desejar.

Preocupações com a melancia

A melancia não é conhecida por ser um alérgeno comum ou produzir qualquer interação comum de medicamentos. No entanto, a melancia é melhor aproveitada por todos com moderação devido ao seu teor de açúcar relativamente alto.

Como a melancia contém uma quantidade elevada de açúcar e carboidratos, mas praticamente nenhuma proteína ou gorduras saudáveis, de modo a comer grandes quantidades pode rapidamente aumentar os níveis de açúcar no sangue. Para aqueles que têm uma forma de resistência à insulina conhecida, incluindo aqueles que são pré-diabéticos ou que têm diabetes, é uma ideia melhor para ir com frutas de açúcares mais baixas que também têm mais fibra, como frutas.

Se você é alguém que é de outra forma saudável e não precisa perder peso, a melancia é uma escolha de alimentos segura e nutritiva. Apenas fique atento aos tamanhos das porções, pois pode ser fácil consumir duas ou mais porções ao mesmo tempo. Tente emparelhar a melancia com outros alimentos que tenham fontes saudáveis ​​de proteínas, fibras e gorduras, também, para diminuir o efeito do açúcar da melancia em seus níveis de açúcar no sangue.

+ 17 Benefícios da melancia e seu valor nutricional

A melancia é definitivamente uma das melhores frutas disponíveis. Esta deliciosa fruta proporciona um deleite refrescante durante o verão. Uma melancia típica pode ser descrita como uma fruta pertencente à família Cucurbitaceae, que também inclui o melão e a abóbora. Acredita-se ter se originado em países da África Austral e agora é amplamente cultivada em regiões tropicais. Externamente, o fruto se assemelha a um melão grande com pele lisa, verde escuro ou cor amarela com listras verticais claras ou cinza. A carne interna é suculenta e vermelha, rosa ou cor amarela com pequenas sementes comestíveis pretas embutidas no meio da carne. Tem um sabor suave e doce que se assemelha ao do xarope de açúcar leve. É composto por quase 91% de água e 9% de açúcar.

 

Embora amplamente consumido como uma fruta, algumas pessoas geralmente consideram a melancia como um vegetal. Existem várias variedades de melancia que variam em forma, tamanho e cor da carne.

Benefícios para a saúde da melancia:

A melancia não é apenas uma excelente alternativa para a sede, mas também um ingrediente eficaz para fornecer seu corpo com antioxidantes, licopeno e vitamina A, bem como outros nutrientes. Sem dúvida, está associada a vários benefícios para a saúde, conforme indicado abaixo.

1. Saúde do coração:

A American Heart Association certificou a melancia como alimento saudável para o coração. Este benefício pode ser atribuído à presença de quantidades significativas de potássio, que é um componente importante das células e fluidos corporais que controlam a frequência cardíaca e a pressão arterial. Desta forma, oferece proteção contra acidente vascular cerebral e doença cardíaca coronária.

2. Propriedades anti-câncer:

A melancia é uma das melhores fontes dietéticas de licopeno entre frutas e vegetais frescos. O licopeno, sendo um poderoso antioxidante, pode neutralizar os radicais de oxigênio ainda melhor do que o beta-caroteno e a vitamina E. Verificou-se que é benéfico na prevenção de câncer de mama, próstata e endométrio, bem como câncer de pulmão e cólon.

3. Normaliza a pressão arterial elevada:

Certos estudos mostraram que os suplementos de extrato de melancia são eficazes na normalização da pressão arterial elevada em pessoas obesas e de meia-idade. A quantidade razoável de potássio na melancia ajuda a aliviar a hipertensão e até o acidente vascular cerebral.

4. Melhora o sono:

A melancia desempenha um papel importante na melhoria do sono devido à presença de carboidratos de polissacarídeos que melhoram a produção de serotonina no corpo. Um aumento nos níveis de serotonina à noite torna seu cérebro menos sensível a estímulos disruptivos, como ruídos, promovendo o sono tranquilo. O consumo de algumas fatias de melancia após o jantar pode prolongar os estágios profundos do sono em 27%.

5. Viagra Natural:

Esta fruta foi aclamada como um “Viagra Natural” quando se trata de melhorar a circulação e relaxar a circulação sanguínea. Isso pode ser atribuído à arginina que aumenta o óxido nítrico, relaxando os vasos sanguíneos para tratar e prevenir a disfunção erétil. O consumo desta fruta pode realmente ter um efeito positivo na libido, tornando-se assim um bom aperitivo pré-romântico.

6. Perda de peso:

Apesar de ser doce e trazer saciedade, esta grande fruta verde é baixa em calorias e contém quase nenhuma gordura ou colesterol. Além disso, contém níveis elevados de um composto chamado citrulina que é convertido no aminoácido essencial, arginina dentro do corpo. Níveis elevados de arginina reduzem a taxa em que o corpo armazena gordura e melhora o funcionamento cardiovascular. A melhoria das concentrações de arginina no sangue após o consumo de melancia leva a uma perda de peso melhorada. Pode-se, sem dúvida, considerar a melancia para obter benefícios para perda de peso.

7. Alivia os músculos doridos:

Consumir melancia é uma maneira eficaz de aliviar a dor associada à dor muscular. Os atletas costumam beber suco de melancia após um treino difícil. Isso ocorre porque a citrulllina na melancia é convertida em L-arginina, um aminoácido essencial que ajuda a tratar a dor muscular pós-exercício e também reduz a dor muscular no dia seguinte.

8. Outros benefícios:

Sendo um diurético natural, a melancia foi utilizada como tratamento homeopático para os pacientes antes da invenção da diálise. Conforme mencionado anteriormente, é uma fonte muito boa de potássio que suporta a função muscular e nervosa. Também pode aliviar a inflamação, prevenindo condições como asma, aterosclerose, diabetes e artrite.

Benefícios da pele da melancia:

Os benefícios da melancia ficariam incompletos sem falar sobre os inúmeros benefícios relacionados ao cuidado da pele. Como a maioria das frutas, também é carregada com vitaminas e antioxidantes favoráveis ​​à pele que contribuem para os seguintes benefícios de melancia para a pele.

9. Hidratação da pele:

Como mencionado anteriormente, a melancia é composta por quase 91% de água que mantém seu corpo hidratado durante os meses de verão. A hidratação adequada confere um brilho saudável à sua pele, bem como aumenta a produção de colágeno para tornar sua pele firme e jovem. Você pode simplesmente ralar uma melancia, espremer o suco e aplicá-lo no rosto por 15 minutos. Em seguida, lave com água quente primeiro e depois, com água fria. Isso deixará sua pele limpa e fresca.

10. Benefícios anti-envelhecimento:

A melancia é uma excelente fonte de antioxidantes, como o licopeno, a vitamina C e a vitamina A. Esses antioxidantes combatem os radicais livres, interrompendo todos os sinais de envelhecimento da pele como rugas, linhas finas e manchas da idade. O licopeno, em particular, recupera os radicais livres induzidos por UV que podem causar queimaduras solares e rugas. Além disso, a melancia é um diurético natural que suaviza as toxinas do seu corpo e limpa seu sistema para revelar a pele juvenil. Assim, consumir duas xícaras de melancia diariamente ou aplicá-la em sua pele pode reduzir o risco de danos causados ​​pelo sol em 40%.

11. Toner natural:

Esta fruta suculenta tem propriedades adstringentes que o tornam um excelente toner. Você pode simplesmente aplicar fatias de melancia ou misturá-la com outros ingredientes para obter os melhores resultados. Se você tem pele seca, você pode preparar um toner natural misturando suco de melancia com mel. Para a pele oleosa, você pode misturar uma xícara de suco de melancia com 2 colheres de sopa de avelã e adicionar 2 colheres de água. Passe uma bola de algodão nesta solução e passe por todo o seu rosto e pescoço.  Isso esfoliará, atualizará e apertará sua pele.

12. Elimina o excesso de óleo:

A melancia é uma rica fonte de vitamina A que reduz o tamanho dos poros e minimiza o excesso de secreção de óleo das glândulas sebáceas. A aplicação de extrato de melancia em seu rosto rejuvenesce e revitaliza a pele maçante e aborrecida. Para fechar poros abertos, você pode misturar suco de melancia com folhas de hortelã trituradas e congelar a mistura. Esfolie estes cubos de gelo na sua pele. Isso proporcionará um efeito refrescante e calmante à sua pele.

13. Tratamento da acne:

A aplicação diária de suco de melancia na sua pele é um remédio natural para curar a acne. Se você tem pele com acne ou pele inclinada, você pode tirar uma bola de algodão no extrato de suco de melancia e aplicá-la por toda a sua cara depois de limpá-la. Lavar com água fria após 15 minutos. Você também pode preparar um pacote de rosto combinando suco de melancia com mel e iogurte. Para minimizar a ocorrência de acne e espinhas, é aconselhável incluir melancia em sua dieta e regime de cuidados da pele.

14. Qualidades de cura:

Melancia acelera a cicatrização de feridas e outros problemas de pele. Isso ocorre porque contém citrulina que o corpo converte em arginina. Este aminoácido acelera a entrega de glóbulos brancos para locais de lesões, bem como estimula o crescimento de novos tecidos de pele. Esses processos resultam na cicatrização da pele três vezes mais rápida.

Benefícios do cabelo da melancia:

A melancia para o cabelo é muito benéfica, pois é carregada com vitaminas, minerais e antioxidantes que beneficiam a saúde.

15. Previne a perda de cabelo:

A melancia é uma boa fonte de vitamina C, que é vital para a saúde do cabelo. Esta vitamina permite que seu corpo utilize ferro não-heme (encontrado em vegetais) para garantir que haja ferro suficiente nos glóbulos vermelhos para transportar oxigênio para os folículos pilosos. Também está envolvido na formação de colágeno. O colágeno é necessário para o cabelo saudável e o crescimento ótimo. Mesmo pequenas deficiências de vitamina C podem fazer com que seus cabelos se tornem secos e quebradiços.

16. Promove o crescimento do cabelo:

As sementes de melancia são ricas em ácidos graxos B, magnésio, ferro, fósforo, potássio, zinco, cobre, manganês, cálcio e omega 6. Todos esses nutrientes desempenham um papel importante na manutenção do seu cabelo longo e lustroso.

17. Hidratante para o cabelo:

O óleo extraído de sementes de melancia é extremamente leve, o que o torna um ótimo hidratante para o seu cabelo.

Valor nutricional da melancia:

A melancia é uma ótima combinação de sabor refrescante e nutrientes saudáveis. É inusitadamente alto no carotenóide, licopeno e uma rica fonte de antioxidantes fenólicos. Também é rico em cucurbitacina E, um fitonutriente anti-inflamatório triterpeno e o aminoácido, a citrulina. Seu valor nutricional é explicado abaixo.

Veja a tabela abaixo para uma análise aprofundada de seus nutrientes:

Melancia (Citrullus lanatus), Fresco, Valor Nutricional por 100 g,
(Fonte: base de dados nacional do USDA para nutrientes)

  • Energia 30 Kcal 1,5%
  • Carboidratos 7,6 g 6%
  • Proteína 0,6 g 1%
  • Gordura Total 0,15 g 0,5%
  • Colesterol 0 mg 0%
  • Fibra Dietética 0,4 g 1%

Vitaminas 

  • Folatos 3 μg 1%
  • Niacina 0,178 mg 1%
  • Ácido pantotênico 0,221 mg 4,5%
  • Piridoxina 0,045 mg 3,5%
  • Tiamina 0,033 mg 3%
  • Vitamina A 569 UI 19%
  • Vitamina C 8,1 mg 13,5%
  • Vitamina E 0,05 mg 0,5%

Eletrólitos

  • Sódio 1 mg 0%
  • Potássio 112 mg 2,5%

Minerais 

  • Cálcio 7 mg 0,7%
  • Cobre 42 μg 4,5%
  • Ferro 0,24 mg 3%
  • Magnésio 10 mg 2,5%
  • Manganês 0,038 mg 1,5%
  • Zinco 0,10 mg 1%

Fito-nutrientes 

  • Caroteno-alfa 303 μg –
  • Crypto-xantina-beta 78 μg –
  • Luteína-zeaxantina 8 μg –
  • Licopeno 4532 μg –

Calorias: a melancia é uma fonte moderada de energia. É baixo em calorias com uma dose de 100 gramas desta fruta fornecendo apenas 30 calorias enquanto uma xícara de melancia cortada em pedaços fornece 46 calorias. O granulado da melancia é composto de água.

Carboidratos: a maioria das calorias da melancia vem do seu teor de açúcar. Uma dose de 100 gramas desta fruta fornece aproximadamente 7,5 gramas de carboidratos. A frutose é um açúcar de fruta natural que compreende a maioria do teor de açúcar da melancia, proporcionando-lhe um sabor doce.

Fibra dietética: a melancia é uma fonte moderada de fibra dietética com 100 gramas que servem fornecendo 0,4 gramas de fibra.

Vitaminas: a melancia contém várias vitaminas essenciais. É particularmente rico em vitamina A com 100 gramas de fruta fresca, fornecendo 569 mg ou 19% da quantidade diária recomendada desta vitamina. É também uma boa fonte de Vitamina B6 (piridoxina), Vitamina B1 (tiamina) e Vitamina C.

Minerais: a melancia é uma boa fonte de potássio que ajuda a regular a pressão sanguínea. Também contém boas quantidades de manganês que é um cofator da enzima antioxidante, superóxido dismutase.

Licopeno: a melancia é inusitadamente abundante no pigmento carotenoide, o licopeno. Uma dose de 100 gramas de melancia fresca fornece 4532 μg de licopeno que é superior ao tomate vermelho cru que fornece apenas 2573 μg de licopeno.

Consumo de melancia durante a gravidez:

A questão muitas vezes surge sobre se é seguro consumir melancia durante a gravidez. As mulheres grávidas requerem nutrição extra para si, bem como para o bebê em crescimento. Comer melancia fornece a hidratação necessária e também reduz alguns dos efeitos colaterais incômodos da gravidez. Esta fruta é cheia de vitaminas A, C e B6, bem como potássio e magnésio que são vitais para o desenvolvimento da visão do bebê, cérebro, sistema nervoso e imunológico. O potássio, por outro lado, regula o equilíbrio hídrico no sangue e nos tecidos do corpo durante a gravidez. A hidratação adequada ajuda a prevenir a fadiga da gravidez e a eliminar as toxinas. O consumo de melancia fresca ajuda a aliviar sentimentos de náuseas e doenças matinais experimentados durante a gravidez. Potássio e magnésio podem aliviar cãibras musculares que são causadas no terceiro trimestre da gravidez. A American Pregnancy Association recomenda o consumo de três porções de melancia por dia durante a gravidez.

De acordo com o “Jornal Internacional de Ginecologia e Obstetrícia”, o consumo excessivo de alimentos com alto teor de licopeno como melancia pode reduzir o risco de desenvolver pré-eclâmpsia durante a gravidez. Esta condição pode ter sérios efeitos negativos na mãe e na criança. A ingestão abundante de licopeno durante a gravidez reduz o risco de o bebê sofrer de retardo de crescimento intra-uterino. Assim, a melancia é absolutamente segura para consumo durante a gravidez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here